sábado, 26 de novembro de 2011

Homem educado é TUDO !

Bom dia!

Imbituba, minha terra, meu paraiso


Logo ao entrar na internet deparei com uma noticia que achei muito FOFA. Querem ver? Aqui

Então pensei, é bem verdade mesmo o que a atriz Marina Ruy Barbosa disse. As mulheres mais sentimentais e aquelas que com certeza não gostam de ser maltratadas, porque encontramos as que gostam de ser capachos, adoram homem gentis, que fazem algo por nós, o problema mesmo nos relacionamentos, é o fato do orgulho, egoísmo, essas coisinhas, esses sentimentos que as vezes nos fazem perder a cabeça, ou ficar disputando quem tem mais poder na relação.


Sabemos que as diferenças e necessidades de homens e mulheres diferem um pouco, e para nós, cada detalhe modifica a forma como vemos os homens, gostamos de ter segurança, fidelidade, parceria, para que assim, possamos amar incondicionalmente. Uma palavra, um gesto, um simples abraço, amolece nossos corações. Para as meninas que gostam de surpreender os homens, eles sempre esperam algo maior, se atentam a grandiosidade da coisa, mas também dão valor à fidelidade, o companheirismo, uma mulher solta, positiva, bem humorada, inteligente... Mas no quesito carinho isso ambos concordam, pessoas carinhosas conquistam, eu disse CARINHOSAS e não aquelas que sufocam, porque tudo deve ter seu limite!










Voltando aos homens educados, genteeee, para TUDO quando a gente encontra um namorado fofo, que valorize a mulher, assim como as mulheres que valorizam seus amados. Penso que nesse ponto os parceiros têm que ficar com quem realmente gostam, e que valorizem o amor que ambos sentem, cuidando para manter tudo em harmonia e felicidade.


Claro que homem também tem que ter um charminho, a primeira vista isso faz diferença, mas quando vamos conhecendo a pessoa é que vamos amando de verdade, e não pense que não pode ter defeito, há defeitos que são até bonitinhas, digamos. Um homem educado, trabalhador, com atitude, mas um tantinho discreto, que tenha projetos e que inclua a sua mulher neles, ahhhhh, isso não a quem resista. Afinal, todos são especiais, porém, um sempre é o melhor pra nós, não necessariamente sendo melhor que os outros.



Você já encontrou o seu? O meu esta em casa me esperando, rs.

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

O Desafio de Amar: 4º Dia

4º Dia

                                                O Amor é atencioso


 

Como são preciosos para mim os teus pensamentos... Como é grande a soma deles! Se eu os contasse, seriam mais do que os grãos de areia. - Salmos 139: 17-18

O amor pensa. Ele não é um sentimento tolo que passeia pelas ondas da emoção e então cai no sono mental. Ele se mantém ocupado em pensamentos, sabendo que os pensamentos amorosos precedem as atitudes amorosas. Quando você se apaixonou, o pensamento veio quase que naturalmente. Você passou horas imaginando como seria a pessoa amada, imaginando o que ela estaria fazendo; ensaiando coisas marcantes para dizer e, depois, curtindo doces memórias do tempo que passaram juntos. Você disse sinceramente: "Eu não consigo parar de pensar em você." Mas, para a maioria dos casais as coisas começam a mudar logo depois do casamento. A esposa finalmente tem seu marido; o marido já tem seu troféu. A caca esta terminada e a perseguição encerrada. Fagulhas de romance vagarosamente tornam-se cinzas e a motivação para o pensamento esfria. Você se deixa focar em seu trabalho, seus amigos, seus problemas, seus desejos pessoais, em você. Depois de algum tempo, você involuntariamente começa a ignorar as necessidades do seu cônjuge. Mas o fato de que o casamento acrescentou outra pessoa em seu universo não mudou. Então, se o seu pensamento não amadureceu o bastante para constantemente incluir esta pessoa, você se pega sendo surpreendido ao invés de reflexivo. “Hoje e nosso aniversario?” “Por que você não me inclui nesta decisão?” “Você nunca pensa em ninguém alem de você mesmo?” Se você não aprender a ser reflexivo, acabara se arrependendo por ter perdido oportunidades de demonstrar amor. A falta de atenção e um inimigo silencioso para um relacionamento amoroso.
Sejamos honestos. Os homens lutam mais contra a falta de atenção do que as mulheres. O homem tem a capacidade de focar em apenas uma coisa, como um laser, e esquecer-se do resto do mundo. Enquanto isto pode beneficiá-lo naquela área especifica, pode também fazê-lo ignorar outras coisas que precisam de sua atenção. A mulher, por outro lado, e mais multiconsciente, capaz de manter-se incrivelmente atenta a vários fatos ao mesmo tempo. Ela tem a capacidade de falar ao telefone, cozinhar, saber em que cômodo da casa as crianças estão e se perguntar por que seu marido não a esta ajudando... Tudo simultaneamente. Ale disso, a mulher também pensa no coletivo. Quando ela se envolve em algum trabalho especifico, fica a par de todas as pessoas que de alguma forma estão ligadas a ele. Essas duas tendências são exemplos de como Deus projetou as mulheres para completarem os seus maridos. Como Deus disse na criação: "Não e bom que o homem esteja só; farei para ele alguém que o auxilie e o corresponda" (Gênesis 2: 18). Porem, essas diferenças também criam oportunidades para o desentendimento. Homens, por exemplo, tendem a pensar de forma objetiva e a dizer exatamente o que querem dizer. Não e preciso mais nada para compreender a mensagem. Suas palavras são mais literais e não devem ser analisadas alem do que foi dito. Mas, as mulheres falam e pensam nas entrelinhas. Elas têm a tendência de fazer insinuações. Um homem precisa ouvir também o que esta implícito se quiser obter o significado completo do que uma mulher diz. Se um casal não tem essa compreensão um do outro, isso pode resultar em desentendimentos sem fim. Ele fica frustrado tentando entender por que ela fala em enigmas ao invés de falar de uma vez o que quer. Ela fica frustrada tentando entender por que ele e tão desatento e não soma dois mais dois para compreender o que ela diz. Uma mulher deseja profundamente que seu marido seja atencioso e reflexivo. Essa e uma das chaves que a ajuda a sentir-se amada. Quando ela fala, o homem sábio ouve como um detetive para descobrir as necessidades e desejos implícitos em suas palavras. Contudo, se ela sempre tem que juntar as pecas, ele perde a oportunidade de demonstrar que a ama. Isto também explica por que as mulheres ficam chateadas com seus maridos sem dizer a eles o por que. Ela pensa: "Eu não deveria ter que explicar isso para ele. Ele precisa ser capaz de olhar a situação e entender o que esta acontecendo aqui." Ao mesmo tempo, ele se sente mal porque não pode ler a mente dela e deseja saber por que esta sendo punido por um crime que não sabia que havia cometido. O amor requer atenção - dos dois lados - o tipo de atenção que constrói pontes através da combinação de paciência, bondade e generosidade. O amor ensina a acertar o alvo, a respeitar e a apreciar a maneira única de pensar do seu cônjuge. O marido deve ouvir a sua esposa e aprender a considerar as mensagens não ditas. A esposa deve aprender a se comunicar com atenção e não dizer uma coisa significando outra. Porem, com freqüência você fica irado e se frustra, seguindo o padrão destrutivo "Preparar, apontar, fogo!" Você fala de forma dura e só depois pensa se deveria ter dito o que disse. Mas a natureza atenciosa do amor lhe ensina a usar a mente antes de usar os lábios. O amor pensa antes de falar. Ele filtra as palavras com a peneira da verdade e da bondade. Quando foi a ultima vez que você gastou alguns minutos pensando em como poderia demonstrar amor ao seu cônjuge e entende-lo melhor? Qual a necessidade imediata que você pode suprir? Para qual próximo evento (aniversario, data comemorativa, feriado) você já pode se preparar? Grandes casamentos vêm de grandes reflexões.

- Desafio de hoje

Faca contato com o seu cônjuge em algum momento durante a agitação do dia. Não faca outra coisa senão perguntar como ele esta e se tem algo que você pode fazer por ele.

- Anote ou reflita quando o desafio de hoje estiver completo.
O que você aprendeu sobre si mesmo e sobre o seu cônjuge ao aceitar o desafio de hoje? Como isso poderia se tornar mais natural, rotineiro e parte verdadeiramente útil do seu estilo de vida?


Agradeço a meu Deus toda vez que me lembro de vocês. (Filipenses
1:3).


 

O Desafio de Amar: 3º Dia

3° Dia

                                             O Amor não é egoísta

             Dediquem-se uns aos outros com amor fraternal. Prefiram dar
            honras aos outros mais do que a si próprios. - Romanos 12: 1 O.


Vivemos em um mundo dominado pelo "ego". A cultura ao nosso redor nos ensina a priorizar nossa aparência, sentimentos e desejos pessoais. Ao que parece, o objetivo e buscar o nível mais elevado possível de felicidade. Porem, o perigo desse pensamento se torna visivelmente doloroso, uma vez dentro do casamento.
Se algum dia existiu alguma palavra que significasse o contrario de amor, essa palavra seria egoísmo. Infelizmente, o egoísmo e algo arraigado em todos nos desde o nascimento. Você pode perceber isso no modo como as crianças se comportam e, geralmente, na maneira como os adultos se maltratam. Quase todas as ações pecaminosas já cometidas podem ser relacionadas a um motivo egoísta. O egoísmo é uma característica que odiamos nos outros mas que justificamos em nos mesmos. Alem disso, você não pode apontar as varias formas de egoísmo do seu cônjuge sem admitir que você também e egoísta. Isso seria hipocrisia.
Por que será que esperamos tão pouco de nos mesmos, mas estabelecemos padrões tão elevados para o nosso cônjuge? A resposta e difícil de engolir. Somos todos egoístas.
Quando um marido coloca os seus interesses, desejos e prioridades a frente de sua esposa e sinal de egoísmo. Quando uma esposa reclama constantemente sobre o tempo e a energia gastos em suprir as necessidades de seu marido, e sinal de egoísmo. Mas o amor "não busca os seus próprios interesses" (1Corintios 13:5). Os casais apaixonados - aqueles que vivem o pleno propósito do casamento - são inclinados a cuidar bem do outro ser humano, falho, que eles escolheram para compartilhar a vida. E por isso que o amor verdadeiro busca maneiras de dizer "sim".
Um aspecto irônico do egoísmo e que mesmo as ações generosas podem ser egoístas se o objetivo for vangloriar-se ou receber alguma recompensa. Se você faz algo, ainda que bom, para manipular seu marido ou sua esposa, você ainda esta sendo egoísta. Na verdade, o ponto principal e a sua decisão entre amar os outros ou amar a si mesmo.
O amor não se satisfaz senão na felicidade do outro. Você não pode agir com amor e ao mesmo tempo com egoísmo. Escolher amar o seu marido ou a sua esposa lhe levara a dizer "não" aos seus desejos, para que você diga "sim" a necessidade do outro. Isso e colocar a felicidade do seu (sua) companheiro (a) acima da sua própria vontade. Não significa que você nunca vai experimentar a felicidade, mas significa que você não negara a felicidade do seu cônjuge para vivê-la você mesmo.
O amor também leva a uma alegria interior. Quando você prioriza o bem-estar do seu cônjuge, uma satisfação interior, que não pode ser adquirida através de ações egoístas, nasce dentro de você. Esse é um beneficio criado por Deus e reservado para aqueles que verdadeiramente demonstram amor. A verdade e, quando você renuncia aos seus interesses em beneficio do seu marido ou da sua esposa, você tem a chance de se sacrificar pelo propósito maior do casamento. Ninguém lhe conhece tão bem como o seu cônjuge. E isso significa que ninguém reconhecera tão rápido a mudança, quando você começar a sacrificar, deliberadamente, os seus desejos e vontades para se assegurar de que os desejos dele estão sendo satisfeitos. Se você acha difícil sacrificar seus próprios desejos para beneficiar seu cônjuge, então você tem um problema mais profundo com o egoísmo do que imagina.

Faca essas perguntas para você mesmo:
- Eu realmente desejo o que e melhor para o meu marido ou para a minha esposa?
- Eu quero que ele (a) sinta-se amado (a) por mim?
- Ele (a) acredita que eu tenho seus maiores interesses em mente?
- Ele (a) me vê buscando os meus interesses em primeiro lugar?

Goste ou não, você tem uma reputação aos olhos das pessoas que estão ao seu redor, especialmente aos olhos do seu cônjuge. Mas essa e uma reputação amorosa? Lembre-se, o (a) seu (sua) companheiro (a) também tem o desafio de amar uma pessoa egoista. Então, seja o primeiro a demonstrar amor verdadeiro, com os seus olhos bem abertos. E quando tudo for dito e feito, ambos se sentirão mais satisfeitos. "Nada façam por ambição egoista ou por vaidade, mas humildemente considere os outros superiores a si mesmos" (Filipenses 2:3).

- Desafio de hoje

Aquilo em que você colocar seu tempo, energia e dinheiro, será mais importante para você. E difícil se importar com algo em que você não esta investindo. Alem de evitar comentários negativos, compre para o seu cônjuge alguma coisa que diga: "eu estava pensando em você hoje".


- Anote ou reflita quando o desafio de hoje estiver completo.O que você escolheu dar ao seu cônjuge? O que aconteceu quando você entregou o presente?


Pois onde há inveja e ambição egoísta, aí há confusão. (Tiago 3: 16).

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

O Desafio de Amar: 2º Dia

2º Dia

                                                  O Amor é bondoso


             Sejam bondosos e compassivos uns para com os outros,
             perdoando-se mutuamente, assim como Deus os
             perdoou em Cristo. - Efésios 4:32

"A bondade é o amor em ação. Se a paciência é a maneira pela qual o amor reage para minimizar uma circunstância negativa, a bondade é a maneira como o amor age para maximizar uma circunstância positiva. A paciência evita o problema; a bondade abençoa. Uma é preventiva, a outra é ativa. Estes dois lados do amor são a pedra fundamental onde são construídos muitos dos outros atributos que discutiremos.
O amor lhe faz bondoso, e a bondade lhe torna agradável. Quando você é bom, as pessoas desejam ficar ao seu redor. Elas vêem você como sendo bom com elas e para elas.
A chave bíblica para a importância da bondade é: "Não se afastem de ti a benignidade e a fidelidade; ata-as ao teu pescoço, escreve-as na tábua do teu coração; assim acharás favor e bom entendimento à vista de Deus e dos homens" (Provérbios 3:3-4). Pessoas bondosas acham
favor aonde quer que vão, até mesmo em casa. Mas a "bondade" pode parecer um pouco ampla ao ser definida, e principalmente ao ser vivida. Então, vamos dividi-la em quatro ingredientes principais:
Gentileza. Quando você é movido pela bondade, você é cuidadoso no modo como trata seu cônjuge, nunca sendo rude desnecessariamente. Você é sensível, tenro. Mesmo quando precisar dizer coisas duras, fará um grande esforço para que a sua censura ou provocação soe o mais leve possível. Você fala a verdade em amor.
Prestabilidade. Ser bom significa que você supre as necessidades do momento. Se forem os afazeres domésticos, você se ocupa com eles. Um ouvido? Você dá o seu. A bondade agracia a esposa com a habilidade de servir ao marido sem se preocupar com os seus próprios direitos. A bondade torna o marido curioso para saber as necessidades da esposa, e depois o motiva para ser aquele que fará de tudo para suprir essas necessidades - mesmo que as dele sejam postas em segundo plano.
Boa vontade. A bondade lhe inspira a ser agradável. Ao invés de ser obstinado, relutante ou teimoso, você coopera, é flexível. Em lugar de reclamar ou dar desculpas, você busca razões para se comprometer e ajudar. Um marido gentil acaba com milhares de argumentos em potencial, tendo boa vontade para ouvir primeiro ao invés de exigir que as coisas sejam feitas à sua maneira.
Iniciativa. A bondade pensa à frente, e dá o primeiro passo. Ela não se senta esperando ser estimulada ou forçada a sair do sofá. O marido ou a esposa gentil será o que cumprimenta primeiro, sorri primeiro, serve primeiro e perdoa primeiro. Ele (a) não espera o outro agir para então demonstrar amor. Quando agimos segundo a bondade, vemos as necessidades, e então tomamos a atitude primeiro.
Jesus descreveu de forma criativa a bondade do amor na parábola do Bom Samaritano, encontrada na Bíblia - Lucas, capítulo 10. Um homem judeu atacado por assaltantes foi deixado quase morto em uma estrada deserta. Um sacerdote e um levita, respeitados no meio do povo, passaram pelo outro lado decidindo não parar. Muito ocupados. Muito importantes. Apreciadores de mãos limpas. Mas um homem comum de outra etnia - os odiados samaritanos, cujo ódio pelos judeus era cruel e mútuo - vê o homem em sua necessidade e é movido de compaixão. Atravessando todos os limites culturais e arriscando se expor ao ridículo, ele parou para ajudar o homem. Enfaixando-lhe as feridas e colocando-o sobre seu próprio animal, ele o carrega até uma hospedaria e paga todas as despesas médicas do seu próprio bolso.
Onde anos de racismo causaram rixa e divisão, um ato de bondade aproximou dois inimigos. Gentilmente, prestativarnente, de boa vontade.
Tomando a iniciativa, esse samaritano demonstrou a bondade verdadeira de todas as maneiras possíveis.
Não foi a bondade uma das principais coisas que uniram você e seu cônjuge em primeiro lugar? Quando se casou, você não esperava curtir a bondade dele para o resto de sua vida? O seu cônjuge não esperava o mesmo de você? Mesmo que os anos sejam capazes de afastar essa esperança, a alegria no casamento ainda está ligada ao nível diário de bondade expressada.
A Bíblia descreve uma mulher cujo marido e filhos a abençoam e honram. Entre todos os seus atributos, se destacam estes: "Fala com sabedoria e ensina com amor" (Provérbios 31:26). E você? Como seu marido ou sua esposa lhe descreveria à luz da bondade? Você é áspero? É gentil e prestativo? Você espera que lhe peçam alguma coisa ou você toma a iniciativa de ajudar? Não espere seu cônjuge ser bondoso primeiro para que então, você pratique a bondade.
É difícil expressar amor quando existe pouca ou nenhuma motivação. Mas o amor em sua essência não é baseado em sentimentos. Pelo contrário, faz parte da natureza do amor ter consideração e ser atencioso, mesmo quando parece não haver recompensa. Você nunca aprenderá a amar até que aprenda a demonstrar bondade.

- Desafio de hoje

Além de, mais uma vez, não dizer palavras negativas ao seu cônjuge hoje, demonstre bondade com, no mínimo, um gesto inesperado."

- Anote ou reflita quando o desafio de hoje estiver completo.Que descobertas sobre o amor você fez hoje? O que você fezespecificamente com relação a este desafio? Como você demonstroubondade?





O que faz um homem desejável é a sua benignidade. (Provérbios 19:22).

terça-feira, 22 de novembro de 2011

O Desafio de Amar : 1º Dia

1° Dia

O amor é paciente

Sejam completamente humildes e dóceis, e sejam pacientes,
suportando uns aos outros com amor. - Efésios 4:2



"O amor funciona. É o motivador mais poderoso e tem uma profundidade e um significado bem maiores do que a maioria das pessoas pensa. O amor sempre faz o que é melhor para os outros e tem o poder de nos fortalecer para enfrentar grandes problemas. Nascemos com uma sede perpétua de amor. Nosso coração precisa de amor, assim como nossos pulmões precisam de oxigênio. O amor muda a nossa motivação de vida. Os relacionamentos se tornam significativos com ele. Nenhum casamento é bem sucedido sem amor.
O amor é construído sobre dois pilares que melhor definem o que ele é. Esses pilares são a paciência e a bondade. Todas as outras características do amor são extensões desses dois atributos. E é aqui que começa o seu desafio, com a paciência.
O amor irá lhe inspirar a ser uma pessoa paciente. Quando você decide ser paciente, você responde de maneira positiva à uma situação negativa. Você é tardio em irar-se. Prefere ter um “pavio longo” a se irritar facilmente. Ao invés de ser impaciente e exigente, o amor lhe ajuda a se acalmar e a transmitir misericórdia aos que estão ao seu redor. A paciência traz a calma interior em meio à tempestade exterior.
Ninguém gosta de ter uma pessoa impaciente por perto. Estar próximo de alguém assim faz você reagir com raiva, insensatez e de maneiras lamentáveis. A ironia da raiva em uma ação errada está em gerar novos erros por si só. A raiva quase nunca torna as coisas melhores. Na verdade, ela geralmente cria mais problemas. Mas a paciência paralisa o andamento do problema. A paciência, mais do que morder a língua, mais do que bater a mão na boca, é respirar fundo. Ela purifica o ar. Ela impede a insensatez de espalhar seu veneno por toda casa. Ter paciência é escolher controlar suas emoções ao invés de permitir que elas lhe controlem. É demonstrar discrição ao invés de pagar mal com mal.
Se o seu cônjuge lhe ofende, você rapidamente revida ou você se controla? Você reage com raiva quando lhe tratam injustamente? Se a resposta for sim, você está espalhando veneno ao invés de remédio.
A raiva é causada, na maioria das vezes, quando um forte desejo por algo é combinado com decepção ou tristeza. Você não consegue o que quer, então começa a se irritar por dentro. Muitas vezes ela é a reação emocional que resulta das nossas razões egoístas, tolas e más.
Por outro lado, a paciência nos torna sábios. Ela não se apressa em julgar, mas ouve o que a outra pessoa está dizendo. Ela espera na entrada enquanto a raiva deseja invadir com violência. A paciência aguarda para ver toda a situação antes de julgar. A bíblia diz: “o homem paciente dá prova de grande entendimento, mas o precipitado revela insensatez” (Provérbios 14:29).
Assim como a falta de paciência fará do seu lar uma zona de guerra, a prática da paciência estimulará a paz e a tranqüilidade. “O homem irritável provoca dissensão, mas quem é paciente acalma a discussão”(Provérbios 15:18). Frases como esta do livro de Provérbios são princípios claros de aplicação eterna. A paciência é o lugar onde o amor encontra sabedoria. E todo casamento precisa desta combinação para permanecer saudável.
A paciência lhe ajuda a dar ao seu cônjuge o direito de ser humano. A paciência entende que todos falham. Quando um erro é cometido, a paciência decide dar mais tempo do que ele (a) precisa para corrigi-lo. A paciência lhe capacita a permanecer firme durante os tempos difíceis do seu relacionamento, ao invés de lhe esgotar com as pressões.
Mas o seu cônjuge pode contar com um marido ou com uma esposa paciente? Ela pode ter certeza de que se trancar as chaves dentro do carro poderá contar com a sua compreensão ao invés de ouvir um sermão que a fará sentir-se como uma criança? Ele pode se assegurar de que se comemorar os últimos segundos do jogo de futebol não vai ouvir uma lista de sugestões de como poderia usar melhor o seu tempo? Acontece que poucas pessoas são tão difíceis de se conviver quanto uma pessoa impaciente.
Como seria o tom de voz do seu lar se você colocasse em prática essa abordagem bíblica: “tenham cuidado para que ninguém retribua mal com mal, mas sejam sempre bondosos uns para com os outros e para com todos.” (1 Tessalonicenses 5: 15)?
Poucos de nós praticam a paciência de forma adequada, e nenhum de nós a pratica naturalmente. Mas o homem e a mulher sábios verão a paciência como um ingrediente essencial no casamento. Este é um bom ponto de partida para demonstrar o amor verdadeiro.
Essa jornada de O Desafio de Amar é um processo, e a primeira atitude que você deve decidir ter é ser paciente. Pense nisso como uma maratona, não como uma corrida de 100 metros rasos. Uma maratona que vale à pena correr.
 
- Desafio de hoje
 
A primeira a parte do desafio de hoje é bastante simples. Apesar do amor se comunicar de várias formas, as palavras, na maioria das vezes, refletem o estado do nosso coração. Para o próximo dia, decida demonstrar paciência e de modo algum diga algo negativo para o seu cônjuge. Se a tentação surgir, não diga nada. É melhor segurar a língua do que dizer algo de que possa se arrepender depois."

- Anote ou reflita quando o desafio de hoje estiver completo.
Aconteceu alguma coisa hoje que lhe deixou com raiva do seu cônjuge?
Você foi tentado a ter pensamentos condenáveis e a expressá-los com
palavras?

O Desafio de Amar

Bom dia gentee!

Vocês conhecem o filme Prova de Fogo? Nãããoooo?!

Ele é mais indicado para quem gosta de um romance, uma história de amor e superação, eu gosto muito, acho ele lindo, lindo, lindo,Hihi. Neste filme o personagem principal recebe um presente, um livro lindíssimo que mudou a sua vida. Desafios diários que ensinam o que é o verdadeiro amor e ajuda a colocá-lo em prática. Ele é mais voltado para quem ja esta casado, mas, da pra adapta-lo aos namorados e se você esta passando por algum problema no relacionamento: separações, desgastes, se a relação esfriou, irritações, vicios, nada é impossivel para Deus, tenha fé.

Esse livro é tão importante pro entendimento do amor incondicional que vou compartilha-lo com vocês. Colocando um capítulo por dia, durante 40 dias da jornada.


Sinopse do livro:

"
O amor incondicional é apaixonadamente declarado nas cerimônias de casamento, mas raramente posto em prática na vida real. como resultado, algumas expectativas românticas são sempre substituídas por decepções em casa. Contudo, essa situação não pode permanecer desta forma.
Ouse amar.
O Desafio de Amar é um desafio de 40 dias para maridos e esposas que desejam entender e praticar o amor incondicional. Independente de como esteja o seu casamento, ameaçado ou saúdavel, O Desafio de Amar é uma estrada que precisa ser seguida. É hora de descobrir os segredos de um casamento cheio de vida e da verdadeira intimidade. Aceite o desafio!
“Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. O amor jamais acaba” (1 coríntios 13:7-8)

Video promocional do filme:




Empolgadas para começar? No próximo post segue o primeiro dia!



segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Seus cabelos pedem ATENÇÃO

Ah, o verão ! E os cuidados de beleza vão se tornando ainda mais redobrados, até porque, nesta época nosso corpo, fica muito exposto aos raios solores e aos olhares! rs Nossa cabeça não fica fora disso, e os cabelos se não cuidados se tornam sem vida, ressacado, principlamente para as mulheres que ja tem alguma quimica aplicada.

Quer mantê-los belos durante essa época? Então anota ai:













Tapa no visû com: Marcinha

Oi lindonas, tudo bem?

Como sempre empolgada aqui do outro lado. Como esta sendo o dia de vocês?
O sábado da minha irmã - Márcia foi bem legal, eu conto o porquê pra vocês.

Minha irmã teve uma gravidez bem complicada, este tempo que não apareci no blog também, é porque estávamos correndo de um lado, para o outro com ela. Ela teve eclampsia, uma doença grave, causadora da maioria das mortes em mulheres grávidas no país. Após toda a complicação, ela teve seu bebê – Manoela (minha afilhada de coração), de sete meses, mas devido a doença ela só pesava 600gramas.
A Manu passou 17 dias na UTI, mas acabou, infelizmente, não resistindo. TODOS da família ficaram tristes, e com certeza a minha maninha muito mais. A Manu nasceu realmente muito fofa, ganhou o apelido no hospital de polly (aquela bonequinha loirinha), realmente merecido esse apelido, ela era a coisa mais linda. Uma pena não temos conhecido um pouco mais ela, tão pouco tempo conosco e fazendo tanta falta. Mas, enfim, a vida foi continuando e hoje, um pouco mais de dois meses, a minha irmã resolveu fazer uma mudança no visû! Aoueoiueio.
Claro que isto não fará muito diferença sobre o que ela sofreu. Mas, o tempo faz milagres se você souber usar, dizem Deus escreve certo por linhas tortas e mais torto é quem não sabe enxergar. 

Voltando ao sábado feliz dela e as mudanças, é que após sua transformação, que faz bem a toda mulher, ela pediu pra eu maquia-la, pra um jantarzinho na casa da sogra, e o resultado venho postar aqui.

Marcinha, minha linda, você ficou MARAVILHOSA:

Antes

Depois

 Olhos de GATA! ABAFAA


Marrom perolado com preto

UM BEIJO ENORME PRA ESSA GUERREIRA. E se você passou, esta passando, ou conhece alguém que esta, não perca a esperança, não se revolte contra o seu Deus, você ainda vai ser muito feliz! Desejo tudo de bom pra todas as mães, não é fácil, a mulherada esta de parabéns!


E ai, já se animou mais dando um tapa no visû? O que acharam da mudança, gostaram?

sábado, 19 de novembro de 2011

A Saga “Crepúsculo” e seus MODELITOS'

Bom dia, que dia lindo de sol que esta fazendo por aqui!

Logo, logo pretendo pegar uma prainha, mas, antes, não pude deixar de vir falar da penultima parte da saga
Crepúsculo” que estréia hoje, e esta super comentada entre as seguidoras.
Não sou uma das que acompanha a história e esta louca pra ver, mas, me interessa muito saber sobre os detalhes e conhecer mesmo assim.
Hoje o que me chamou atenção foi como os personagens da saga se vestem, principalmente nesta penultima parte.

De acordo com Lilian Pacce, além do vestido de noiva Carolina Herrera, não existe muita novidade em matéria de figurino – basicamente é o mesmo streetwear dos filmes anteriores. Só que com uma diferença no crédito: enquanto Wendy Chuck assinou “Crepúsculo” e Tish Monaghan foi responsável pelos guarda-roupas de “Lua Nova” e “Eclipse“, as partes 1 e 2 de “Amanhecer” são de Michael Wilkinson. E o currículo dele é bem caprichado: Michael foi o figurinista de “300“, “Watchmen: o Filme“, “Tron: o Legado” e “Party Monster” – aquele filme clubber com Macaulay Culkin.

Vamos logo para as fotos (não só dos modelitos, mas do filme em geral):











Video com a história e muitas fotos:



Que o final de semana de vocês seja tão bom quanto o meu.

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Inspiração do dia: Maquiagem RR (Rosa&Roxo)

Oi !
Adoro ter um tempinho livre, principlamente quando gasto este tempo comigo, lendo, escutando música, testando produtos, inventando maquiagens, enfim, crescendo em vários sentidos.
Ontem estava tão empolgada, que após fazer a sobrancelha, lembrei de uma maquiagem que a atriz Milena Toscano usou para uma revista e me inspirei pra fazer algo que lembre a mesma.








A maquiagem RR(Rosa&Roxo) é uma maquiagem que deixa a mulher super feminina, e pode ser usada em várias ocasiões.

Usei uma sombra um pouca mais clarinha, pra ficar mais discreta e apostei no delineador e lápis preto mais forte. Vejam o resultado:


 Detalhe da Make

Ótima sexta cheia de inspirações!